18 julho, 2017

Por que o DMDV Arquitetos escolheu o ARCHICAD?


O DMDV Arquitetos, é um escritório de arquitetura de São Paulo conhecido pelo projeto do Centro Cultural de Araras. O arquiteto Bruno Bonesso (BB), vai nos contar hoje como iniciou a transição para o BIM e por que optou pelo ARCHICAD.

O DMDV Arquitetos iniciou a transição para o BIM a partir de 2015, hoje todos os projetos do escritório são desenvolvidos em ARCHICAD, desde o estudo de massas até o detalhamento do executivo



Bruno afirma que conheceu o ARCHICAD em meados dos anos 2000 e desde então se identificou com as funcionalidades do software, mas o mercado ainda não exigia o padrão BIM no desenvolvimento de projetos de construção. Apenas alguns anos depois, em 2015, que voltou a pensar sobre a adoção do software em seu escritório devido às novas exigências do mercado.

BB: “Conhecemos o ARCHICAD ainda durante a graduação no ano de 2000 e desde o primeiro momento o software nos maravilhou, na época o que mais nos interessava era a velocidade de produção dos desenhos, pois as plantas, cortes e fachadas são extraídos do modelo. Também nos interessava a maneira de inserir automaticamente portas e janelas diretamente nas paredes sem a necessidade de operações de sólidos 3D ou de apagar linhas para melhorar a representação gráfica.



.

Por um padrão do mercado nos afastamos do BIM por alguns anos e em 2015 optamos por efetivamente adotar esse sistema de trabalho para uma evolução profissional. Evidentemente que as vantagens dos anos 2000 permanecem e nos últimos anos o ARCHICAD se tornou muito mais eficiente e hoje conseguimos extrair do modelo informações essenciais para nosso processo produtivo garantindo maior qualidade e satisfação dos nossos clientes. ”

Antes da Implementação do ARCHICAD o DMDV ainda buscou outras opções de software, mas o ARCHICAD foi o que se mostrou mais confiável e completo. Além disso, a equipe da GRAPHISOFT se dispôs a ajudar na implementação do software de acordo com a necessidade do escritório.

BB: “Investigamos anteriormente três softwares BIM, e por experiências que tivemos em outras empresas que trabalhamos, conhecíamos relativamente bem os dois pertencentes ao grupo da Nemtscheck. Sempre tivemos uma afeição maior pelo ARCHICAD, por ser extremamente confiável e completo. Além disso, na época em que iniciamos as negociações com os fornecedores a GRAPHISOFT se apresentou como o melhor parceiro, não só pelo desconto financeiro oferecido, mas também pela postura de parceria adotada, todos os envolvidos foram imensamente solícitos e se dispuseram a nos ajudar naquilo que precisássemos para a implementação.


A implementação foi fundamental e eficiente graças a união de esforços das equipes, tanto que em 30 horas o ARCHICAD já estava implementado no escritório. ”

BB: “Contratamos um pacote junto a Arquitetura BIM, empresa indicada pela GRAPHISOFT, que disponibilizou dois profissionais para nos treinar.


A equipe do escritório estava empolgada e eles investiam em tutoriais da internet, na primeira semana já elaboramos um estudo de massa em um mês o primeiro Estudo Preliminar completo. Ou seja, foi tudo muito rápido graças ao interesse e disposição da nossa equipe, ao talento do nosso BIM Manager e ao empenho dos profissionais da Arquitetura BIM e da GRAPHISOFT.


Nosso treinamento foi tão eficiente que contratamos 36 horas e utilizamos somente 30!”
O ARCHICAD trouxe satisfação para equipe DMDV devido à facilidade na execução de projetos, e também devido ao BIMx, que permite que os arquitetos mostrem seus projetos em 3d a partir de um tablet ou smartphone.

Estudo em andamento para edifício cultural em São Paulo

BB: “O benefício mais importante é a satisfação da equipe, hoje todos trabalham mais felizes porque é mais gostoso desenhar no ARCHICAD, ver a evolução do projeto junto com o 3D gera um sentimento maior de realização durante as etapas de projeto.

Evidentemente que outros processos foram facilitados, principalmente as partes burocráticas de um projeto, como por exemplo, a criação de tabelas de portas, caixilhos, áreas dentre outras.

Facilidade também com o uso do BIMx que nos permite levar os projetos no tablet para as reuniões e para a obra, tanto a parte documental quanto o 3d.
Todos os projetos do escritório são apresentados usando o BIMx e o arquivo sempre é disponibilizado aos clientes do DMDV arquitetos. ”


Veja o vídeo do Bimx no projeto para o Edifício Genebra


Sobre o DMDV ARQUITETOS